..

         


financiamento para projetos de energia aumenta


José Afonso Oliveira Júnior

Apesar das crises, a oferta de capital para projetos de energia aumenta significativamente no Brasil e no mundo. As questões energéticas, influenciadas pelas mudanças climáticas, sustentabilidade, biodiversidade e saneamento, têm atraído mundialmente o fluxo de capitais público e privado. Abaixo alguns exemplos recentes.

1 - BNDES captou, no final de 2016, US$ 750 milhões com o BID para projetos de energia. Foram criadas novas condições de financiamento à energia e serão priorizadas as fontes alternativas, principalmente solar, e foi retirado o apoio às térmicas a carvão e a óleo.

2 - A ANEEL subvenciona anualmente projetos através das geradoras, transmissoras e distribuidoras de energia. Foram 7.000 projetos que receberam quase R$ 5 bilhões, em média R$ 6,9 milhões por projeto. Nos últimos anos os projetos financiados foram prioritariamente de pequenas empresas vinculados às questões da geração e eficiência energética, meio ambiente e TI. No mês passado foram lançados os editais da Light e da Cemig.

3 - Horizon 2020 é o maior programa de financiamento não reembolsável da Europa e investirá € 6 bilhões no período de 2014 a 2020 em energia. As prioridades são as energias renováveis, eficiência energética, combustíveis alternativos e cidades inteligentes. Nos últimos anos foram 88 projetos de empresas e universidades brasileiras, que conseguiram recursos NÃO reembolsáveis com um valor médio de € 2,7 milhões por projeto.

4 - A Fundação Gates, após anos de investimentos em combustíveis fósseis, investirá US$ 2 bilhões em energias renováveis no prazo de cinco anos, conforme anúncio de Bill Gates.

5 - O CNPq, com recursos do fundo CT Energ, priorizou o financiamento NÃO reembolsável para projetos ligados à energia eólica, solar e hélio térmica, eficiência, biocombustíveis, células a combustível, smart grid e hidrogênio.

Para apresentar as muitas e variadas formas de financiamento brasileiras e europeias para projetos do setor energético, será realizado em 9/5/17 no IBEF-RJ, Inst. Brasileiro de Executivos de Finanças, o workshop “Financiamento para projetos do setor energético”. Serão apresentados os editais do BNDES, ANEEL, BID, Horizon 2020, CNPq, Finep, F. Gates, Fapesp, Faperj etc.

Mais informações: fomentainovacao.blogspot.com/ ou cursos@alvissareira.com.br






Publicidades






 
                                                           
|
|
|
|
|